Síndico tira férias?

Síndico tira férias?

Com o final de ano se aproximando, a vontade por um período maior de descanso só aumenta. Sabemos que, de maneira geral, todo profissional tem direito a férias, independente de sua função.

É comum, no entanto, que surjam dúvidas relacionadas ao período de férias dos síndicos. Por esse motivo, separamos algumas informações interessantes:

O que a convenção diz sobre o assunto?

Esse é o primeiro passo: procurar, na convenção, algo que especifique o que fazer quanto ao período de férias do síndico.

Quem é o substituto?

Em muitos condomínios, é o subsíndico quem tem a tarefa de assumir as responsabilidades do síndico durante sua ausência. Se o condomínio possuir uma administradora, é importante que solicite a mesma que dê todo o suporte necessário ao substituto.

Remuneração

Em casos de síndicos profissionais, a remuneração no período de férias depende do valor acordado no contrato com o condomínio. Há muitos casos em que as próprias empresas oferecem um substituto para cobrir a ausência do síndico profissional.

Como a figura do síndico não tem vínculo empregatício com o condomínio, mesmo recebendo remuneração, não tem direito a 13º salário ou outros benefícios do tipo.

Para facilitar a vida de todos, contrate um síndico profissional e conte com o apoio de toda a nossa equipe especializada em administração condominial. Peça uma cotação em: https://goo.gl/EGH5GQ.

Compartilhe

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*